Rodrigo Leão - CinemaChamar de compositor a Rodrigo Leão talvez seja pouco. Realizador? Argumentista? Não é fácil classificar o trabalho dele no seu último álbum Cinema. Há bandas sonoras que em segundos nos fazem lembrar de uma determinada cena, momento ou lugar do filme a que estão associadas. Conseguir isto sem qualquer filme é ainda mais impressionante. Mas é isso que este álbum consegue. Cada música oferece um enredo diferente que eu inconscientemente completo a gosto: nascem-me fotogramas na cabeça e daí ao sonho são só algumas notas.
A marcante voz de Beth Gibbons dos Portishead, foi inicialmente pensada para outro tema, mas acabou por dar não só a voz mas também uma excelente letra a Lonely Carousel que era um instrumental chamado A estrada. A participação do piano de Ryuichi Sakamoto também é notável nos temas Rosa e António, nomes dos filhos do Rodrigo. Neste último ouvem-se mesmo as primeiras palavras do filhote :-). Conta também com a voz da Sónia Tavares dos The Gift, Rosa Passos e da Luso-Belga Helena Noguerra.
Rodrigo Leão conquistou-me com o seu Cinema e a julgar pelas vendas, não fui o único.

Comments are closed.